Últimas Notícias
Capa » Hardware » O que é SSD?

O que é SSD?

SSD Sandisk HERO2

O SSD (solid-state drive) é uma nova tecnologia de armazenamento considerada a evolução do disco rígido (HD). Ele não possui partes móveis e é construído em torno de um circuito integrado semicondutor, o qual é responsável pelo armazenamento, diferentemente dos sistemas magnéticos (como os HDs).

Mas o que isso representa na prática? Muita evolução em relação aos discos rígidos. Por exemplo, a eliminação das partes mecânicas reduz as vibrações e tornam os SSDs completamente silenciosos.

Outra vantagem é o tempo de acesso reduzido à memória flash presente nos SSDs em relação aos meios magnéticos e ópticos. O SSD também é mais resistente que os HDs comuns devido à ausência de partes mecânicas – um fator muito importante quando se trata de computadores portáteis.

Intel SSD 240GB

O SSD ainda tem o peso menor em relação aos discos rígidos, mesmo os mais portáteis;  possui um consumo reduzido de energia; consegue trabalhar em ambientes mais quentes do que os HDs (cerca de 70°C); e, por fim, realiza leituras e gravações de forma mais rápida, com dispositivos apresentando 250 MB/s na gravação e 700 MB/s na leitura.

Mas nem tudo são flores para o SSD. Os pequenos velozes ainda custam muito caro, com valores muito superiores que o dos HDs. A capacidade de armazenamento também é uma desvantagem, pois é menor em relação aos discos rígidos. De qualquer forma, eles são vistos como a tecnologia do futuro, pois esses dois fatores negativos podem ser suprimidos com o tempo.

Obviamente, é apenas uma questão de tempo para que as empresas que estão investindo na tecnologia consigam baratear seus custos e reduzir os preços. Diversas companhias como IBM, Toshiba e OCZ trabalham para aprimorar a produção dos SSDs, e fica cada vez mais evidente que os HDs comuns estão com seus dias contados.

SSD

Vida útil

Você já deve saber que os drives de estado sólido (SSD) possuem um tempo de vida útil limitado, de acordo com a quantidade de informações que são armazenadas em cada unidade. Em alguns casos eles podem ser usados por vários e vários anos, mas há alguns consumidores que podem encontrar falhas nos equipamentos em menos tempo.

Isso tudo acontece porque as memórias Flash utilizadas perdem a capacidade de salvar dados depois de uma grande quantidade deles ter sido acionada. Mas quantos TB de informações podem ser salvos em um SSD antes que ele sucumba às limitações da memória? O site TechReport fez a análise com vários SSDs para responder a essas perguntas para nós. São eles: Corsair Neutron GTX 240GB, Intel 335 Series 240GB, Samsung 840 Series 250GB, Samsung 840 Pro 256GB e dois Kingston HyperX 3K 240GB.

 

Problemas com SDD

Os primeiros a serem eliminados do combate por apresentarem falhas críticas foram o Intel 335 Series e um dos dois Kingston HyperX 3K 240GB. Ambos tiveram esse problema pouco após ultrapassarem a marca dos 700 TB de informações e pararam de operar totalmente pouco depois. O primeiro (Intel) falhou totalmente aos 750 TB, enquanto o segundo (Kingston) aos 728 TB.

 

SSDs Aprovados

Na outra ponta do ranking, os aparelhos que mais foram longe foram o Corsair Neutron GTX, o Samsung 840 Pro e o outro Kingston HyperX 3K 240GB — desta vez com dados compressíveis. Todos eles passaram da marca de 1 Petabyte sem apresentar nenhuma falha, o que é ótimo para qualquer consumidor que optar por comprar esses equipamentos.

Sobre Valdeci

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*